Amêndoa Brasil Biju

Moda e Acessórios

“COM QUE ROUPA… EU VOU? PRO SAMBA QUE VOCÊ ME CONVIDOU.” 03/02/2010

A Moda sempre encantou e fascinou o mundo! Mas no Brasil ela exerce um papel fundamental!!!

O povo brasileiro com sua vaidade inata e seu interesse constante pela beleza, faz da Moda um indicativo de comportamento.

Baseando-se nesta origem a escola de samba Unidos do Porto da Pedra,  do Rio de Janeiro escolheu a Moda como enredo neste Carnaval 2010. O carnavalesco responsável é o carioca Paulo Menezes.

A Nut´s Brasil trás para vocês conferirem na íntegra a sinopse da escola:

Antes da Moda

O homem nasceu nu.


Não se sabe ao certo a partir de quando ele começou a se vestir, aliás, a se cobrir com a pele dos animais. Terá sido por proteção? Por misticismo? Isto nunca saberemos, mas, a partir dali, estava plantada a semente da vaidade no ser humano e a sua vestimenta vai passar, durante muitos séculos, a determinar a sua condição social.


E a arte já estava presente ali, pois o homem passa a se expressar através de pinturas e desenhos nas cavernas. O conceito ainda não estava formado, mas era um embrião.

Quando falamos em moda na pré-história a primeira imagem que nos vem à mente são os Flintstones, que nos leva a fantasiar que naquela época tudo era “fashion”, divertido. Mas das peles costuradas com tripas de animais por agulhas de marfim até a invenção do tear, vão-se muitos milhares de anos.


Na Antiguidade, teremos o surgimento de grandes civilizações, que se caracterizavam principalmente pela religiosidade, a distinção social vai ficar muito acentuada neste período, pois quanto mais tecido, maior o poder. Neste período os ornamentos e as jóias vão começar a ganhar destaque.
Nem sempre os homens usavam calças e as mulheres saias, isso é coisa moderna. Algumas vezes já foi o contrário, pois de um quadrado de pano, eram feitos saias, saiotes, túnicas que eram amarradas, costuradas ou drapeadas, que em alguns momentos nos remetem à arquitetura lembrando as colunas dos templos.


E a roupa escurece, ganha tons sóbrios, a arte também. A religiosidade aflora. A arte era inspirada pela fé e a roupa segue o mesmo caminho. A silhueta não era o mais importante, e sim a quantidade de tecido que a cobria.


A intenção era tocar a Deus, chegar mais perto do céu, e assim a silhueta foi se alongando, lembrando as torres das catedrais. Os vitrais góticos vão influenciar em cores a indumentária, mas sempre com ares sombrios.


Este período marca uma descoberta que vai acompanhar o homem até nossos dias e vai exercer um papel fundamental na sua vaidade: o espelho.


Narciso mandou lembranças!

No renascer do homem, nasce a moda

Renasce o homem, surge a burguesia, o brocado, o veludo, e com eles o alfaiate. Os tempos eram outros, e a roupa mudou. A busca do ideal de perfeição, representada nas artes, também se faz presente nas roupas.


O homem voltou a olhar para si.


O mundo começou a se movimentar, e o homem vai começar a movimentar também a sua maneira de vestir, e essas mudanças se tornarão cada vez mais freqüentes.


A ciência e a razão são mais fortes que a emoção, e com isso surgem as golas, que vão se tornar cada vez maiores, para valorizar a mente, em sobreposição ao corpo, e aos mais pobres também.


Em contraposição a este ideal, vemos surgir mais tarde, um novo movimento que mostra certa tendência ao bizarro, ao assimétrico, ao extravagante, ao apelo emocional. O Rei francês Luiz XIV vai marcar este período como o grande responsável pelas extravagâncias da época, que serão assimiladas por toda a Europa.


As roupas masculinas se sobrepõem às femininas, ganhando ares de fantasia, com as silhuetas mais amplas.


Perucas, rendas, fitas, salto alto, plumas… E as mulheres ficam para trás.


E as artes seguem este mesmo caminho barroco, caracterizado pela monumentalidade das dimensões, opulência das formas e excesso de ornamentação.


O homem, aos poucos, vai se tornando mais romantico, sem deixar de lado os exageros. Tudo é mais leve, foi um período de liberdade de movimentos, da sensibilidade e do espírito.


As pessoas pareciam bonecos de porcelana, com perucas e cabelos empoados, lembrando verdadeiros bibelôs.

Os homens vão ficando mais esbeltos no vestir deixando de lado a exuberância e entregaram-na as mulheres, que trouxeram para si o direito as transformações, com anáguas imensas e cinturas finíssimas.
O homem do rococó é um cortesão, amante da boa vida e da natureza.


Com o período neo clássico, vão surgir os primeiros figurinos de moda, e a influência grega vai determinar não somente a arte como a moda. A silhueta se afina e se alonga, desaparecem as caudas, lembrando novamente colunas, e o homem se simplifica cada vez mais.



Um novo tempo

Vira o século, novos rumos, novos ares, novas artes.


Uma arte nova vai dar à moda uma nova linguagem. A mulher fica mais sinuosa, as linhas são mais leves, chapéus, laços e flores. O mundo fica mais rápido e isto vai influenciar o vestir. As mudanças são mais rápidas, assim como os movimentos dos artistas.
Começam a surgir os primeiros estilistas e a cada dia surgem mais e melhores.
O mundo avança, novos movimentos vêm em contraponto a esta nova arte, mais moderna, mais geométrica.


A moda já tomou conta do mundo, ele se torna cada vez menor e mais rápido. E ela vai se tornando cada vez mais efêmera.
A cada dia, novos traços, novos modelos, novas coleções e o homem quer sempre mais, pois moda é tudo, menos tédio.


O que ficará de herança para a história neste século? É difícil saber, mas temos certeza que alguns momentos se eternizarão: a invenção da mini-saia, do jeans e da camiseta. Isto ficará para a história, juntamente com um personagem desse tempo que jamais será esquecido: Mademoiselle Coco Chanel. Ela deixou de criar moda para criar estilo.


Antropofagia

E o Brasil?


Como num movimento antropofágico, nós absorvemos todas essas influências e hoje fazemos uma moda com a cara do Brasil, atraindo os olhares do mundo para a nossa arte. Arte sim, pois fazer moda é fazer arte, é contar História, observando e utilizando as formas que também estão na arquitetura, na escultura, na pintura, na musica, na literatura e, sobretudo, no véu cultural que já cobriu ou irá cobrir nossa sociedade.


“Moda é oferta. Estilo é escolha. Faça as suas”
Glória Kalil

“A moda é passageira, sua história, não”
Marco Sabino


Algumas Composições dos Carros

Carro 02 Composição 02 Feminina

Carro 03 Composição 01 - Masculina

Carro 03 Composição 01 - Feminina

Carro 04 Composição 02 - Feminina

Samba Enredo da Unidos do Porto da Pedra

Carnaval 2010


” Sonhar o figurino do artista
Acreditar nesta conquista, pra vaidade cultivar
Há muito tempo o homem deu no couro,
Encontrou esse tesouro,
De roupa resolveu chamar.
Mas eis que o objeto do desejo
Na magia do lampejo, se aproximou de Deus
O tempo é uma roda que não para,
Quando a razão se fez mais clara,
A humanidade renasceu


Eu sei que a arte caminhou
Modéstia à parte encontrou
Na moda a luz da emoção,
Em cada estilo uma expressão


Sou o cortesão da minha arte,
Eu sou rococó dessa folia
Ao vestir simplicidade,
O novo mundo inicia
Mudar o visual em cada estação
Modelo, sonho, nova coleção
Ao desfilar o carnaval
Na passarela a brasilidade
Beleza é fundamental, perdoe a sinceridade


Porto da Pedra eu sou
Eu sou o amor desta cidade!
Pro samba que você me convidou
Eu vou vestir felicidade”

Enredo: Com que roupa… Eu vou? Pro samba que você me convidou
Carnavalesco: Paulo Menezes
Autores do Samba: Bira, Porkinho e Heitor Costa
Intérprete: Luizinho Andanças

Algumas Fantasias das Alas

Fantasia "Art Noveau" - Masculina

Fantasia "Renascer para um Mundo" - Feminino

Fantasia "Roupa Íntima"

Fantasia "Zuzu Angel"

Acho que valerá a pena acompanhar o desfile da escola na Marquês de Sapucaí no Carnaval do Rio. Pelo tema escolhido espara-se um grande desfile, arrasando nos figurinos!!!

A escola ainda contará com alas como:  Bizâncio, Gótico, Resnascer para um Novo Mundo, Alfaiate, Fitas, Arabesco, Flores, Roupa Íntima, Mulher Coluna, Napoleão, Art Nouveau, Pop Art, Zuzu Angel, Alexandre Herchcovitch, Lino Villaventura, Oskar Metsavaht, Antiguidade Clássica – Gregos e Antiguidade Clássica – Romanos.

A Escola Unidos do Porto da Pedra desfilará no dia 15 de Fevereiro de 2.010 (Segunda-feira de Carnaval) entre as 22:05h e 22:22h.

Fonte: Site Oficial da Unidos Porto da Pedra

http://www.unidosdoportodapedra.com.br/index.htm

 

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 202 outros seguidores